Se pesquisarmos a definição do termo “Product Designer” no Google, encontraremos uma infinidade de respostas e artigos definindo quem são essas pessoas, quais são suas formações acadêmicas, onde atuam e o que fazem. Assim como todos os designers, o papel do Product Designer é solucionar problemas para os usuários e empresas através do entendimento das suas necessidades.

No entanto, o que diferencia um Product Designer dos outros tipos, como: User Interface, Visual  e User Experience Designer, é o interesse e atuação em várias áreas e etapas do processo de Design, determinando assim uma característica importante desse profissional: possuir visão holística. Dessa maneira, podemos definir que o Product Designer é um profissional que permeia entre UX (User Experience) e UI (User Interface) com foco em produtos digitais, que consegue transitar entre várias áreas e ser auto suficiente para realizar entregas, considerando as necessidades dos usuários e, ao mesmo tempo, se mantendo alinhado às estratégias do negócio.

Na Sympla não é diferente, o Product Designer dialoga com múltiplas áreas da empresa. Por isso, precisa estar sempre em contato com os Product Managers e também com os Engenheiros, para que as expectativas estejam sempre alinhadas às estratégias do negócio e às limitações técnicas, sem perder o foco nos usuários. O dia a dia desse profissional é dinâmico e flexível. Cada projeto pode ter o seu próprio processo. No entanto, algumas etapas são indispensáveis na nossa rotina:

  1. Compreensão: Entender quem é o público, suas dores e necessidades. Ao mesmo tempo, analisar quais são as estratégias de negócio da Sympla e como esse projeto pode vir a impactá-las.
  2. Definição: Agora que já se tem o contexto, é hora de organizar e sintetizar as informações que foram colhidas.
  3. Ideação: Já sabendo as dores dos usuários, temos o entendimento das estratégias de negócio e levantamos algumas hipóteses. Neste momento, procura-se algumas soluções para a demanda.
  4. Prototipação: Nesta fase, é preciso voltar aos softwares e criar protótipos para validar as ideias.
  5. Validação: Por fim, é necessário testar o protótipo com um recorte da base de usuários e entender o que funciona ou não. Recomeçando assim o processo de Design.

5 Ferramentas Indispensáveis

Nossos Product Designers precisam de agilidade e organização para contribuir na construção da identidade e produtos da Sympla. Para isso, utilizam várias ferramentas conhecidas no contexto de Design durante o processo de criação. Pensando nisso, separamos 5 ferramentas indispensáveis para o nosso time:

Sketch

Esta ferramenta é muito versátil e robusta para o Designer manter um alto padrão de qualidade dos layouts. O seu grande diferencial são as integrações com outras ferramentas utilizadas pelo time. Por isso, o Sketch é a principal ferramenta de criação na Sympla. ❤️

Marvel

Quando o time de Design precisa validar um fluxo de navegação, construir um protótipo navegável é uma boa opção a baixo custo. A grande vantagem do Marvel é possuir um plugin integrado ao Sketch, acelerando o processo de prototipação. 😎

Zeplin

É aqui que acontece a integração entre os times de Design e Desenvolvimento. Com o Zeplin, os engenheiros visualizam todos os assets e parâmetros necessários para a construção do layout. O Zeplin também possui um plugin integrado ao Sketch. 🤩

Abstract

Em um time colaborativo, é fundamental se preocupar com a organização dos arquivos do Sketch e suas versões. Na Sympla, esse tipo de controle é feito por meio do Abstract, onde cada Designer tem autonomia e segurança para alterar um arquivo, sabendo que o histórico de mudanças será mantido. O Abstract também possui um plugin integrado ao Sketch. 😍

Webflow

O Webflow é uma ferramenta que dá mais autonomia aos Designers, por possibilitar a construção de websites através de uma interface visual, gerando automaticamente HTML, CSS e JavaScript. Utilizamos o Webflow para a construção de landing pages e áreas públicas da Sympla, além de possibilitar a realização de protótipos rápidos para testar features do produto.❤️

Header (1)

O que buscamos em um Product Designer

Uma pessoa generalista, que tenha uma visão ampla, desde a preocupação com os usuários e alinhamento estratégico da empresa até a entrega. Um Designer que tenha autonomia para atuar em todas aquelas etapas da construção de um produto, que se encaixe na cultura da nossa empresa, goste de trabalhar em equipe e que seja uma pessoa good vibes, afinal de contas, conhecimento técnico não é tudo! 🤓

3 Dicas para ser um Product Designer na Sympla

  • Seja um(a) Sherlock Holmes: para resolver os problemas levantados, o Product Designer precisa de informações importantes para gerar a melhor solução naquele contexto. Por isso, é fundamental sair da sua zona de conforto e investigar a fundo o problema.
  • Tenha iniciativa: dependendo do problema, o processo de Design pode ser diferente e exigir caminhos ainda não desbravados. Nessas horas, a autonomia dá espaço para que novas ideias e formatos apareçam.
  • Conhecimento é seu principal poder: o Design é uma área muito abrangente, que se relaciona com muitas outras, desde psicologia comportamental até o universo da programação. Construir produtos digitais de sucesso exige do Product Designer conhecimentos complementares e vontade para expandi-los ainda mais.

 

E então, quer fazer parte do nosso time? Saiba mais sobre a vaga de Product Designer na Sympla.

 

 

Posted by:Larissa Trindade

Deixe seu comentário