Mudando o mindset dos times de tecnologia

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Como estamos ampliando a atuação do time de UX na ZOOP

Se tem uma coisa que podemos dizer é que UX está em alta! O mercado de tecnologia já entende o valor do trabalho desses profissionais, mas nem sempre sabem aproveitar todo o seu potencial para conectar a organização e facilitar processos de trabalho em áreas diversas, desde processos de onboarding até no desenho de uma API.

Muito se fala do UX designer como sintetizador de problemas, representante dos usuários, responsável por desenhar fluxos e interfaces visuais.

Mas pouco se diz da importância do seu papel como parte inicial dos processos de desenvolvimento dentro da empresa.

Só tecnologia não salva um produto

Como toda empresa de tecnologia, a maior parte dos nossos colaboradores é composta por desenvolvedores e engenheiros de software.

No início, muitas decisões de produto eram tomadas apenas por engenheiros, que, como verdadeiros amantes da tecnologia, acabavam por vezes se apaixonando mais pelas soluções técnicas do que pelas humanas – ela é realmente fascinante, a gente entende! :)  

Porém com o passar do tempo, notamos que muito do que entregamos não satisfazia 100% as necessidades dos nossos clientes, e muitas vezes o pequeno time de UX não tinha fôlego para ganhar essas brigas e mostrar a importância de embasar essas decisões com a visão do usuário.

A importância do envolvimento do C-level 

Nesse contexto, fazer com que todos os colaboradores passem a colocar o cliente no centro de tudo é uma verdadeira quebra de paradigma bem como um exercício diário de paciência.

Nada muda da noite para o dia.

O envolvimento dos desenvolvedores com as questões técnicas e a distância que eles têm do cliente tornam mais difícil ainda esse exercício de empatia. Por mais que números, estudos e embasamento já mostrassem que é fundamental pensar dessa forma, sem o envolvimento do C-level nessa mudança, nada disso seria possível.

Quando a área de negócios passa a se comportar dessa maneira, o assunto entra em pauta em reuniões estratégicas e de produto, que são responsáveis por direcionar o time tech, e aí a coisa começa a ganhar força de transformação. 

Do nosso jeitinho

Na Zoop nosso time ainda é pequeno (temos vagas! :D), somos apenas 4 designers UX/UI em uma empresa de quase 250 colaboradores. Nossa atuação é cross, mas ainda somos muito focados na entrega final de interfaces.

Pelas características do nosso negócio e do time, sempre tivemos contato com todos os setores da empresa, entendendo suas dores e dificuldades. Somos um time empático por natureza, não só com o cliente, mas com a empresa como um todo. Temos um desejo genuíno de ajudar e fazer mais e melhor. 

Como parte dessa transformação, estamos trabalhando lado a lado com o time de produto, não só para evangelizar a necessidade de envolvimento de UX nos projetos, mas para ajudar a facilitar essas pontes e conexões entre os diversos setores da empresa. 

Plantando a sementinha

Depois de sofrer com alguns retrabalhos e ver que juntos podemos fazer diferente, os times estão começando a nos procurar no início dos projetos, seja na criação de uma API, seja no planejamento de um produto novo.

Dessa forma, estamos começando a mitigar o retrabalho causado pela falta de planejamento e foco no usuário desde o início, tornando o processo de trabalho mais fluido e aumentando a qualidade das entregas finais de engenharia e produto.

Isso é só o começo!

Ainda temos muito trabalho a fazer e espero voltar em breve aqui para contar aonde isso nos levou :)

E na sua empresa, como funciona esse processo? Como você tem atuado para reduzir essas falhas e otimizar o processo de trabalho dos seus colega e mudar o mindset dos times de tecnologia?

Carolina Senra

Carolina Senra

Product designer na Zoop, adoro tudo que envolve cultura, acho que os verdadeiros impactos na humanidade são alcançados pelas pessoas e seus propósitos e não pela tecnologia em si, ela é apenas a ferramenta que nos levará ao mundo que queremos construir.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: