Startup Battlefield, da TechCrunch, terá primeira versão latino-americana em São Paulo, em parceria com o Facebook

Startut Battlefield, famosa batalha de startups realizada pelo portal de tecnologia americano TechCrunch, terá uma versão brasileira. Prevista para 8 de novembro no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo, o evento é apresentado pela aceleradora FBstart, do Facebook, e será sua primeira vez na América Latina. A empresa vencedora receberá US$ 25 mil e a chance de disputar a competição de startups Disrupt Cup, na TechCrunch Disrupt, em São Francisco, nos Estados Unidos, em 2019.

Ao todo, 15 startups terão a chance de fazer seu pitch e responder às perguntas dos jurados. Fabricio Bloisi, fundador e CEO da Movile; Ana Lu McLaren, cofundadora da marketplace Enjoei; Hernan Kazah, cofundador e sócio-diretor da Kaszek Ventures; e Cristina Junqueira, vice-presidente de branding e desenvolvimento comercial da Nubank estarão no júri e serão também palestrantes.

“Estamos ansiosos para expandir nossa presença global ao levar a primeira Startup Battlefield da TechCrunch para a América Latina. O cenário de startups e tecnologia na América Latina está crescendo incrivelmente rápido e solucionando problemas fascinantes”, disse Diego Moreira, diretor de parcerias de plataforma do Facebook na América Latina, em nota.

O evento, especialmente a Disrupt Cup em São Francisco, ficou mundialmente famoso ao aparecer na série da HBO Silicon Valley, em 2014. Globalmente, a marca TechCrunch pertence à Oath, da Verizon.

Graduanda em Relações Públicas na Universidade Anhembi Morumbi, parte do time de Marketing & Communications do grupo Movile e Wavy, sou apaixonada pelo universo da comunicação e acredito fortemente no valor que ela tem para ser um bom canal de contato entre marcas e pessoas.

Posted by:Carolina Martins

Graduanda em Relações Públicas na Universidade Anhembi Morumbi, parte do time de Marketing & Communications do grupo Movile e Wavy, sou apaixonada pelo universo da comunicação e acredito fortemente no valor que ela tem para ser um bom canal de contato entre marcas e pessoas.

Deixe seu comentário