Entregas de qualidade, gestão de tempo, foco em resultados, capacidade analítica são algumas das habilidades mais lembradas em se tratando de cargos de liderança, mas além disso é essencial que um líder saiba criar ambientes inspiradores, sistemas que permitam que a inovação aconteça, além de estimular o desenvolvimento de seus liderados.

Para isso, é fundamental uma simbiose entre líderes e área de Gente, encorajando a liderança e fornecendo ferramentas e processos que otimizem a gestão do time. Com mais de 300 funcionários em três diferentes cidades, a PlayKids utiliza processos que ajudam os líderes a acompanharem periodicamente seu time e que estimulam os liderados a serem protagonistas de suas carreiras.

Vanessa Rocha, Gerente de Marketing, tem um time com 22 pessoas, e segundo ela os processos estabelecidos ajudam 100% em seu dia a dia: “Com o PDI, por exemplo, posso estimular as pessoas a voarem ainda mais alto dentro do time e da empresa como um todo”, afirma.

O PDI é um plano de desenvolvimento em que o liderado, junto com seu gestor, traça seus objetivos de crescimento e metas para chegar ao resultado, considerando sempre as aspirações e competências dos talentos. Além desse plano, a PlayKids tem muitas outras formas de incentivar os talentos a se desenvolverem, listamos abaixo alguns deles:

Reuniões 1:1

Esse tipo de reunião mensal tem como finalidade melhorar a comunicação e alinhar as expectativas entre líder e liderado. Esses encontros representam o momento para ambos os lados aprenderem e darem seus feedbacks. A 1:1 é utilizada como forma de reconhecer o progresso dos talentos e estimulá-los com ações de desenvolvimento.

Avaliação de Performance

Essa avaliação é um processo de alinhamento entre as expectativas do gestor e o desempenho do liderado, tendo como seu principal objetivo promover o desenvolvimento contínuo de cada um na empresa. Na PlayKids a avaliação de performance segue as seguinte etapas:

A) Autoavaliação e Avaliação do líder

Cada colaborador traz suas principais entregas e se avalia de acordo com os valores da PlayKids e, depois, faz a avaliação de seu líder;

B) Avaliação feita pelo líder

O líder comenta as entregas de seu liderado, incluindo uma avaliação de aderência aos valores da PlayKids;

C) Comitê de Calibragem

Líder e time de Gente compilam todos os dados e discutem os conceitos finais de cada um dos liderados;

D) Feedback

Momento em que líderes trazem suas avaliações aos liderados e, juntos, traçam planos de ação.

People Team Review (PTR)

Por fim, a PTR é uma reunião periódica em que área de Gente e gestores discutem sobre a performance do time e entendem quais são as dificuldades de cada gestor em relação às equipes.

Segundo Fernando Collaço, Gerente de Conteúdo na PlayKids, que lidera um time com 20 funcionários nas cidades de São Paulo, Campinas e Poços de Caldas, “todas as ferramentas de gestão, especialmente 1:1 e PDI nos ajudam a mapear todos os pontos de atenção e potenciais que a equipe pode ter e isso mostra o que podemos esperar do time. No caso de conteúdo ajuda a especialmente a manter a estrutura do time e serve como guia para entender os gaps que precisam ser trabalhados. E isso nos ajuda a manter o time engajado, mostrando que tem alguém olhando por eles e, melhor, cria um senso de coletividade muito legal na equipe”, finaliza.

Especialista em comunicação na PlayKids

Posted by:Ariane Donegati

Especialista em comunicação na PlayKids

Deixe seu comentário